Segunda Parcela do IPVA 2021

Segunda Parcela do IPVA 2021 – Quando Começa? Como Pagar?

Alguns estados estão a poucos dias de cobrar a primeira parcela do IPVA, contudo, os paulista já devem se preocupar com o pagamento da segunda parcela do IPVA 2021. Afinal, o governo tem pressa para receber esse valor. No entanto, como estão investindo em maneiras de prevenir a expansão da pandemia, não temos muito do que reclamar.

Contudo, o IPVA é um imposto bastante custoso visto que exige uma porcentagem em relação ao valor dos nossos veículos. Como, dependendo do carro que você tem o valor dele é elevado, o IPVA acaba também sendo. Mas, faz parte e já se tornou habitual ter que realizar o pagamento desse imposto todo começo de ano, semelhante ao que ocorre com IPTU.

Quem optou pelo pagamento em parcelas foi porque possivelmente não possuía o valor para pagar à vista. Logo, se planejar para quitar a segunda parcela do IPVA 2021 SP, é fundamental para não ficar com dívidas com o governo. Pois, não pagar o IPVA pode causar muita dor de cabeça.

Na sequência, vamos explicar melhor como vai funcionar o pagamento da segunda parcela do IPVA 2021, já que não temos muito o que fazer senão pagar o que nos é exigido. Por isso, na sequência descubra quando vai começar a ser cobrado esse valor.

Segunda parcela do IPVA 2021

Os cidadãos do estado de São Paulo logo mais terão que realizar o pagamento da segunda parcela do IPVA. Por isso, é necessário que os motoristas tenham atenção em relação a isso, pois o não pagamento da segunda parcela do IPVA 2021 pode acarretar em problemas.

O valor da segunda parcela do IPVA 2021 passará a ser cobrado no dia 9 de fevereiro, que será em uma segunda-feira. Sendo que os condutores que não realizaram o pagamento do valor da primeira parcela tem esse dia como prazo para pagar em cota única.

Sendo que quem realizar o pagamento da primeira parcela nesse dia não terá mais possibilidade de dividir o valor em 3 vezes, podendo somente quitar o valor totalitário.

Como realizar o pagamento?

Para você quitar o valor deverá ter em suas mãos o número do RENAVAM do seu veículo, que é o Registro Nacional de Veículo Automotor. Somente com esse documento você já consegue realizar o pagamento do imposto.

Então o recolhimento será feito nos caixas eletrônicos, pela internet ou por débito agendado em guichês da Caixa ou outros canais oferecidos pela instituição bancária credenciada.  Em suma, são oferecidas muitas possibilidades visto que facilitar o pagamento é o mínimo esperado do governo.

Se preferir você pode pagar os valores através de casas lotéricas. Ou usando um cartão de crédito em uma das 4 empresas que foram credenciadas na Secretaria da Fazenda e Planejamento. Que pode ser consultado no próprio site da Secretaria da Fazenda e Planejamento do estado de São Paulo.

Vale ressaltar que quem optar pelo pagamento por cartão de crédito pode dividir o valor do IPVA em até 12 vezes. A Secretaria da Fazenda informou que é possível optar pelo parcelamento a qualquer momento, contudo, caso as parcelas atrasem será cobrado multas e juros por atraso.

Com tudo isso em mente, a segunda parcela do IPVA 2021 do estado de São Paulo, deve ser muito bem avaliada. Visto que deve-se observar as condições oferecidas para realizar o pagamento, e observar quais taxas caso existam, serão cobradas caso pague o IPVA pelo cartão de crédito.

Sendo de grande relevância exigir um comprovante dos pagamentos, visto que só ele é a real prova do pagamento da segunda parcela do IPVA 2021 do estado de São Paulo.